O Governo prepara logística para instalação de
entrepostos para venda de pedras preciosas, com o
objectivo de travar o contrabando dos recursos.

Depois de ter sido anunciado em Dezembro, a instalação
de entrepostos para venda de pedras preciosas, nas
províncias de Nampula e Manica, Max Tonela, Ministro
da tutela, revelou que já foram dados passos avançados
para implementação efectiva do processo.

Com estes entrepostos, o negócio de rubis e outras
pedras preciosas extraídas no Centro e Norte do país,
cujos leilões são realizados fora de Moçambique, vão
conhecer novas regras, e os mesmos vão incentivar os
mineiros artesanais a integrar o circuito formal de
comercialização de minérios.

Com o comércio ilegal de pedras preciosas o tesouro
tem sofrido elevadas perdas.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here